Print this page

RM de luto: Morreu jornalista e locutor reformado João de Sousa

Published in Breves
segunda, 26 outubro 2020 10:01

A Rádio Moçambique (RM) está de luto.

 

Morreu esta manhã, em Maputo, o jornalista e locutor reformado, João de Sousa.

Nascido a 16 de Junho de 1947 – Lourenço Marques ( hoje Maputo),

João Baptista de Sousa perdeu a vida na sua residência, vítima de morte súbita.

Com percurso de cerca de 50 anos de Rádio, João de Sousa, desempenhou várias funções na Rádio Moçambique com destaque para relator desportivo, corresponde da RM na África do Sul e gestor de alguns departamentos na Rádio Moçambique, com destaque para administrador comercial.

Figura ímpar no meio jornalístico desportivo radiofónico, João de Sousa  é um dos grandes jornalistas radiofónicos de sempre de Moçambique.  É considerado “The Voice” da Rádio Moçambique.

Iniciou a sua actividade radiofónica nas Produções GOLO, uma Agência de Publicidade que produzia vários programas que eram transmitidos através do então Rádio Clube de Moçambique, em 1964.

Começa a fazer relatos desportivos de várias modalidades (basquetebol, futebol e hóquei em patins) em 1966. Para além da cobertura dos acontecimentos nacionais, com destaque para os campeonatos da cidade e os Provinciais, fez transmissões directas de jogos que se realizaram no exterior de Moçambique, nomeadamente em Angola e em Portugal.

 Em 1968, a dos relatos desportivos, é incluído em outras equipas de produção de programas das Produções GOLO, tendo realizado até 1975 o “Bondiazinho” (de parceria com o Eugénio Corte Real) ou o “Guiando e Ouvindo Música”. Esporadicamente fazia locução de outros programas tais como: “Domingo Alegre” ou o “Extensão 10”.

Produziu rubricas diárias sobre a actualidade desportiva moçambicana que eram transmitidos diariamente no programa CIDADE 68, no então Canal D do RCM.

Em 1974 ingressa no Rádio Clube de Moçambique como locutor. Após a nacionalização, ocorrida em 1975, passa para os Serviços Redactoriais, (hoje Direcção de Informação) como repórter e noticiarista. Nessa qualidade realiza um conjunto de transmissões “em directo” relacionadas com vários acontecimentos nacionais. É nesse período que é integrado no grupo de profissionais designados para acompanhar o Presidente Samora Machel nas suas viagens de Estado.

 Em 1977 chefia a Redacção Desportiva da Rádio Moçambique. Faz a cobertura dos principais eventos nacionais, regionais e internacionais, sendo de destacar as transmissões directas feitas da participação moçambicana na Liga dos Campeões Africanos ou na Taça das Taças (em futebol), nos Campeonatos Africanos de Basquetebol em masculinos e femininos, nos Jogos Africanos de Argel, no Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins da Argentina de 1978 ou dos Jogos Olímpicos de Moscovo de 1980.

 Na sua trajectória profissional dirige o Canal Nacional da RM, e posteriormente o Departamento de Programas. Anos depois foi nomeado Administrador da Rádio Moçambique, sendo responsável durante 6 anos pelos pelouros Comercial e de Produção.

Em 2003 é nomeado Assessor do Conselho de Administração para as Relações Internacionais e posteriormente para a Área de Comunicação e Imagem da Empresa.

 Integra o grupo dos primeiros jornalistas que cria o Canal Desportivo da Rádio Moçambique, (RM DESPORTO) que durante 19 horas de emissão se dedica exclusivamente a noticias e reportagens sobre desporto nacional e internacional.

Em Fevereiro de 2006 é nomeado Correspondente da Rádio Moçambique na África do Sul, tendo terminado o seu mandato no dia 31 de Janeiro de 2012.

A par com a actividade radiofónica colaborou com a Televisão de Moçambique como “pivot” e comentarista dos jogos dos Campeonatos do Mundo de Futebol e como apresentador (de parceria com Leite de Vasconcelos) do programa “Volta a Moçambique”.

Embora reformado, continuou a colaborar com a Rádio Moçambique na produção de 3 programas semanais de 60 minutos cada, nomeadamente “O Fio da Memória”, “História das Músicas” e “Coisas da Bola”.

À família enlutada, a Rádio Moçambique endereça as mais sentidas condolências. ( RM)

Read 1551 times