Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Covid-19: África CDC quer entre 40 a 60 por cento da população africana vacinada

Written by 
Published in Ciência & Tecnologia
segunda, 12 outubro 2020 21:39
Rate this item
(0 votes)

O director do Centro de Prevenção e Controlo de Doenças da União Africana (África CDC) estabeleceu hoje como meta a imunização de 40 a 60 por cento da população do continente africano com a futura vacina para a covid-19, noticiou a Lusa.

"O nosso objectivo para o continente é alcançar, pelo menos, entre 40 e 60 por cento da imunização da população para atingir a imunidade de grupo num continente de 1,2 mil milhões de pessoas", disse John Nkengasong.
O director do África CDC falava hoje durante a conferência do Financial Times sobre África, este ano em formato virtual, num painel sobre os desafios médicos em África no contexto da pandemia de covid-19.
"Temos de chegar lá por fases. Começaremos por vacinar as populações vulneráveis, nomeadamente os presos, depois os profissionais de saúde e a seguir o resto da população", acrescentou, sublinhando que esta é ainda uma discussão em aberto.
John Nkengasong adiantou que, através da plataforma Covax, foram prometidas a África 220 milhões de doses de uma futura vacina para a covid-19.
"Se assumirmos que para cada imunização precisamos de duas doses, conseguiremos vacinar 110 milhões de pessoas", disse, apontando que, com estes dados, há ainda "muito trabalho" a fazer nesta matéria.
Por isso, indicou, além da estratégia para assegurar vacinas através da plataforma Covax, decorrem conversações em outras frentes para mobilizar o máximo de doses, nomeadamente com a Índia.
A Covax é um mecanismo para a aquisição conjunta das novas vacinas para a covid-19 coordenado pela Aliança Global para as Vacinas (GAVI, na sigla em inglês) com o objectivo de assegurar o acesso justo e equitativo a estes medicamentos.
Por outro lado, defendeu a necessidade de começar desde já a preparar a forma como essa futura vacina será distribuída no terreno, onde o África CDC tem em curso um estudo para avaliar a percepção da população relativamente à vacinação.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que até final deste ano ou início do próximo seja possível ter uma vacina contra a covid-19 e os países africanos não querem ficar para trás, numa altura em que os países ricos estão já a pré-comprar milhões de doses.
África registou nas últimas 24 horas mais 200 mortes devido à covid-19 e 7.964 novas infecções, elevando os números totais para 38.396 e 1.577.644, respectivamente, segundo os últimos dados relativos à pandemia no continente.
De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), nas últimas 24 horas o número de recuperados nos 55 Estados-membros da organização foi de 6.997, para um total de 1.304.622 desde o início da pandemia. (RM Angop)

Read 111 times

Escolha do editor

Publicidade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco