Print this page

Partos prematuros reduzem na província de Maputo

Published in Breves
terça, 17 novembro 2020 22:44

Na província de Maputo, cento e trinta e sete bebés recém-nascidos morreram este ano, dos trezentos e oitenta e um que nasceram prematuros.

 

A cifra representa uma redução em vinte e três por cento quando comparada com igual período do ano passado, onde dos quatrocentos e vinte e oito recém-nascidos, noventa e nove morreram por complicações associadas a prematuridade.

Os dados foram facultados esta terça-feira, em Marracuene, na cerimónia de lançamento da Semana Internacional da Prematuridade.

Na província de Maputo, a prematuridade é a principal causa de mortes em recém-nascidos e aponta-se como causas, as doenças maternas graves, casos de mães adolescentes e consumo do álcool, tabaco e drogas ilícitas. ( RM Maputo)

Read 499 times