Print this page

Zambézia: Adiada retoma do transporte fluvial Luabo / Chinde

Published in Breves
terça, 18 maio 2021 09:42

Ainda não estão criadas as condições para a retoma do transporte fluvial entre os distritos de Luabo e Chinde, na Zambézia.

A circulação está dependente da aquisição de dois motores avaliados em 47 milhões de meticais.
O batelão Mutarara, com capacidade de transportar 8 viaturas foi reparado pela Doca Seca de Quelimane em Outubro do ano passado devido a corrosão de unidades flutuantes, tecnicamente chamados por uniflotes.
A directora provincial dos Transportes e Comunicações na Zambézia, Fátima de Sousa, disse esta segunda-feira que depois de trabalhos de peritagem, constatou-se a necessidade de compra de novos motores, descartando-se a ideia anterior que era de manutenção dos actuais.
Toda a viatura que escala a sede do distrito de Chinde, por via Luabo/Nhacatiua deve ser transportada pelo batelão. (RM)

Read 141 times