Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Em vigor desde hoje as novas medidas anunciadas pelo PR no quadro na Situação de Calamidade Pública

Published in Destaques
sábado, 17 julho 2021 10:17

Já estão em vigor desde hoje as novas medidas anunciadas na quinta-feira pelo Presidente da República, Flipe Nyusi, no quadro na situação de calamidade pública para conter a propagação da covid-19.

O Chefe de Estado que decidiu agravar algumas medidas, anunciou 34 novas restrições nos sectores da Educação, Comércio, Serviço Públicos, Cultos Religiosos, Desporto e Cultura.

“ A partir do sábado, o recolher obrigatório passa a ser das 21 às 4 horas, enquanto ficam suspensas por um período de 30 dias as aulas presenciais nas instituições de ensino primário, secundário, técnico profissional, formação de professores, formação profissional e ensino superior na cidade de Maputo, Xai-Xai, cidade de Inhambane, Beira, Chimoio, Tete, Dondo e também na área metropolitana do Grande Maputo, incluindo a vila da Manhiça. A suspensão do ensino pré- escolar em todo o país e o encerramento de cultos, celebrações religiosas, conferências e reuniões por 30 dias, em todo o território nacional. Os eventos sociais ficam interditos, com excepção de casamentos civis e religiosos, restringindo-se ao máximo de 20 pessoas no acto de assinatura, estando as respectivas celebrações festivas interditas”, disse.

Na comunicação à nação, o estadista moçambicano anunciou, entre outras medidas, o novo horário para o sector público.

“ É introduzido o horário excepcional para o funcionamento das instituições públicas que é das 8 horas as 14, exceptuando as instituições de ensino e outras, cuja natureza da sua actividade profissional não se adequam, como é o caso dos serviços essenciais, em prossecução do interesse público. É reduzido o horário de funcionamento de todos os botle stores, independentemente da sua localização passam a adoptar o horário das 9 as 13 horas, permanecendo encerrados aos domingos, feriados e nos dias de tolerância de ponto. É reduzido o horário de funcionamento dos serviços de restauração, take aways e serviços de entrega ao domicílio, passando a abrir as 6 horas e a encerrar as 18 horas, quando anteriormente encerravam às 20 horas”, disse.


Na ocasião Filipe Nyusi chamou a atenção para a tomada de medidas de prevenção do novo coronavírus por parte dos moçambicanos.

” Prevalecem aglomerações, falta de distanciamento e mobilidade de pessoas sem motivos aplausíveis. Alguns não acreditam que a doença existe e reina um ambiente assustador de desinformação. O consumo excessivo de álcool não contribui para a tomada de consciência sobre os prejuízos que se correm, os grandes focos continuam ser os mercados, as paragens os transportes públicos. Ainda se verifica a prática de futebol nos níveis interditos em muitos bairros, a presença de crianças nos mercados mas o mais agravante, as mães que levam bebés recém- nascidos aos locais de risco” disse.

Ainda na sua comunicação á nação, Filipe Nyusi, anunciou que Moçambique vai adquirir mais de onze milhões de doses de vacinas contra a covid-19 que poderão chegar entre o presente mês de Julho e Agosto próximo ao país. (RM)

Read 122 times

Escolha do editor

Publicidade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco