Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML
Destaques

Destaques (750)

PR inaugurou 13 pontes ligando Ile e Cuamba

Published in Destaques
sexta, 09 março 2018 10:09

O Presidente da República, Filipe Nyusi, inaugurou, esta quinta-feira,  treze pontes ligando os distritos de Ile, na província da Zambézia e Cuamba, no Niassa.

 Ainda no âmbito da visita ao Niassa, Nyusi recebeu garantias de qua as obras de asfaltagem da estrada Cuamba e Majije na Zambézia, serão entregues ao governo até Dezembro deste ano. (RM)

O sismo, de magnitude 5.6 na escala de Richter, registado ontem na localidade de Chire, distrito de Morrumbala, na Zambézia, feriu duas crianças, e provocou danos em paredes de duas escolas.

Numa nota de imprensa recebida na nossa redacção, o Instituto Nacional de Minas refere que o sismo de 5.6 seguido de outro de 5.2 na escala de Richter foi sentido nas províncias de Tete, Zambézia, Manica, Sofala, Nampula, Cabo Delgado e Niassa. ( RM Zambézia)

PR visita Niassa, Zambézia e Sofala

Published in Destaques
quinta, 08 março 2018 07:30

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, inicia esta quinta-feira uma visita de trabalho de três dias às províncias de Niassa, Zambézia e Sofala.

Esta quinta-feira, o Chefe do Estado moçambicano dirige, no posto administrativo de Etatara, distrito de Cuamba em Niassa, a cerimónia de inauguração das 13 pontes, no rio Lúrio, no limite entre as províncias do Niassa e da Zambézia.

Consta ainda da agenda do estadista moçambicano, uma visita à ponte sobre o rio Lúrio, onde irá percorrer a sua extensão até à outra margem da província da Zambézia, para um comício popular que contará com a presença da população das duas províncias.

Na província de Sofala, o Presidente Nyusi tem programado uma deslocação ao distrito de Dondo, onde irá visitar o bairro Samora Machel, afectado pelas inundações.

Nesta deslocação, o Chefe do Estado moçambicano faz-se acompanhar pelo Ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, Carlos Bonete Martinho; pelos governadores das províncias do Niassa, Arlindo Chilundo; Zambézia, Abdul Razak; e Sofala, Maria Helena Taipo, quadros da Presidência da República e de outras instituições do Estado. (RM)

O Presidente da República, Filipe Nyusi, diz que a erradicação da corrupção no país depende da eliminação dos factores que estão na origem deste mal social.

Filipe Nyusi falava esta quarta-feira, em Maputo, no lançamento do Plano Estratégico de Combate à Corrupção 2018-2022.
O Chefe do Estado sublinhou que o documento não deve ser visto como a única solução para a erradicação da corrupção.
O Presidente da República disse ter constatado, com satisfação, o facto de o Plano Estratégico de Combate à Corrupção contemplar todas as instituições do Estado e o sector privado.
A Directora do Gabinete Central de Combate à Corrupção, Ana Maria Gemo, disse que a estratégia visa prevenir e combater a corrupção, reforçando as medidas legais de criminalização da corrupção.
O representante da União Europeia, Stergios Varvarioussis, anunciou que esta entidade vai disponibilizar 750 milhões de meticais, nos próximos cinco anos, para o fortalecimento das acções de combate à corrupção em Moçambique.
O Plano Estratégico de Combate à Corrupção 2018-2022 assenta em quatro pilares, o quadro legislativo; a política e estratégia de implementação; o combate à corrupção e o desenvolvimento institucional, sendo que a sua execução está avaliada em mais de 540 milhões de meticais. (RM)

O Ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Lavrov, efectua a partir de amanhã uma visita de trabalho ao nosso país.

De acordo com um comunicado de imprensa recebido na nossa Redacção, a deslocação do chefe da diplomacia russa ao nosso país, enquadra-se  no aprofundamento das relações de amizade, solidariedade e cooperação bilateral.

Em Maputo, Serguei Lavrov vai ser recebido, em audiência pelo Presidente da República, Filipe Nyusi.

Ainda no decurso da sua visita, o dirigente russo vai manter conversações oficiais, com o seu homólogo moçambicano, José Pacheco. (RM)

A Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, ENH, projecta iniciar neste semestre, as ligações de gás natural canalizado para consumidores residenciais da cidade de Maputo.
Uma nota de imprensa recebida na nossa redacção, refere que decorre a selecção de fornecedores de materiais e equipamentos, bem como, de serviços necessários para a canalização de gás, em residências no bairro Aeroporto A, local escolhido para acolher a fase piloto do projecto.
Nesta fase piloto, o projecto poderá abranger 35 ligações, com um investimento de cerca de 17 milhões de meticais desembolsados pelo Governo, no âmbito de um programa de massificação de uso de gás natural. (RM)

O Ministério da Saúde alerta a sociedade moçambicana para evitar o consumo de carnes processadas que não necessitam de cozedura antes de serem consumidas.

O alerta surge na sequência da eclosão da epidemia de Listeriose, na vizinha África do Sul - uma intoxicação alimentar provocada por uma bactéria.
De acordo com uma nota de imprensa recebida na nossa redacção, a doença apresenta como sintomas: gripe associada a diarreia e febres, dores musculares, náuseas e vómitos.
Em casos mais graves, os sintomas podem ser: Rigidez da nuca, mudança de comportamento, perda de equilíbrio e convulsões.
Entretanto, ontem, o Governo moçambicano suspendeu a importação e venda, em todo o país, de produtos alimentares das marcas sul-africanas Interprise foods e Rainbow Chickens, detectados com a bactéria de listeria monocytogenes, que já provocou a morte de 180 pessoas e infectou mais de mil, na vizinha Africa do Sul. ( RM)

Acidente da viação mata 5 pessoas em Moatize

Published in Destaques
terça, 06 março 2018 08:44

Cinco pessoas morreram e outras seis ficaram feridas, na sequência de um acidente de viação, ocorrido, ontem, na localidade de Caphiridzange, distrito de Moatize, província de Tete.

O acidente do tipo despistamento, envolveu uma viatura de caixa aberta, proveniente do distrito de Angónia, com destino a cidade de Tete.

Segundo a Administradora de Moatize, Maria José Torcida, os feridos foram atendidos, nos centros de saúde de Caphiridzange e da vila de Moatize.

Ainda sobre a sinistralidade rodoviária, outras cinco pessoas morreram, e três ficaram feridas, na província de Inhambane, durante a semana finda. (RM Tete)

Subida do caudal do rio Save pode provocar cheias, nas regiões de Mussassa e Mussanga, distrito de Govuro, em Inhambane.

Técnicos do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades e da Cruz Vermelha de Moçambique já estão no terreno a sensibilizar as famílias que poderão ser afectadas pela situação a retirarem-se para zonas seguras.

Para o efeito foram identificadas salas de aula e uma casa de culto para albergar as famílias que poderão ser assoladas pelas cheias.

Nas duas regiões foram arroladas 108 famílias que poderão necessitar de apoio alimentar e hospitalar, caso o nível das águas do rio Save continue a registar uma subida.

“Existem meios para fazer face a esta situação, se não forem suficientes iremos mobilizar meios de outros distritos, como da província para este local” , disse Zacarias Muhai, técnico do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), em Inhambane. (RM Inhambane)

PR renova apelo para a preservação da paz

Published in Destaques
sexta, 02 março 2018 10:04

 

O Presidente da República, Filipe Nyusi, renova o apelo aos moçambicanos para que continuem a preservar a paz.

Para Nyusi, a paz é tão sensível que merece um cuidado especial por parte de todos.

“Continuemos atentos porque eu disse lá também que a paz é muito cristalina como aqueles copos de cristal que vocês têm. Precisa de segurar bem, cuidar, porque se deixarmos um pouco ele cai e parte-se. Então nós temos que cuidar a paz todos os dias, mesmo quando queremos lavar o copo, queremos fazer a manutenção da paz, temos que fazer com cuidado para que não se parta, porque pode partir e nós não gostaríamos que o nosso melhor copo de cristal se partisse”, asseverou o Chefe de Estado.

O Presidente da República falava, esta quinta-feira, em Maputo, momentos após desembarcar, vindo da Suíça, onde efectuou uma visita oficial de quatro dias.

Dirigindo-se aos presentes, no Aeroporto Internacional de Maputo, Filipe Nyusi, dedicou o título de Doutor Honoris Causa, a si atribuído pelo Instituto de Diplomacia e Relações Internacionais de Genebra, a todos os moçambicanos. (RM)

Escolha do editor

Publicidade

Sociedade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco