Print this page

Banco de Moçambique elogia serviços prestados pelas instituições de moeda electrónica

Published in Economia
sexta, 04 dezembro 2020 10:31
Rate this item
(0 votes)

O Banco de Moçambique reconhece que os serviços financeiros prestados por instituições de moeda electrónica são os principais impulsionadores da inclusão financeira no país.

 

O Governador do Banco Central, Rogério Zandamela, apontou como exemplo, a contribuição prestada pelos serviços financeiros de moeda electrónica no funcionamento da economia em locais assolados por desastres naturais, no ano passado.

O Governador do Banco de Moçambique falava na abertura da Terceira Conferência Internacional sobre Finanças Verdes-2020, que promove o uso da moeda electrónica, em substituição da moeda física nos movimentos de dinheiro.

Rogério Zandamela recomendou a adopção de novos modelos de políticas de Finanças Verdes Inclusivas que apoiem as populações vulneráveis, no quadro da resposta às mudanças climáticas.

A Terceira Conferência Internacional sobre Finanças Verdes-2020 foi organizada pelo Banco de Moçambique e a Aliança para a Inclusão Financeira, da qual o Banco Central moçambicano faz parte, desde 2011.

A rede é composta por 100 instituições que integram bancos centrais, ministérios das finanças e outros reguladores financeiros de 90 países em desenvolvimento. (RM)

Read 504 times