Ucrânia na NATO? Significaria "escalada garantida para Guerra Mundial"

Publicado: 13/10/2022, 22:20
Categoria:

Uma plena adesão à NATO apenas ocorrerá se os 30 membros da aliança derem o seu consentimento.
Caso a Ucrânia venha a ser incluída na aliança militar da NATO, então o conflito na Ucrânia viria certamente a agravar-se e evoluiria para uma Terceira Guerra Mundial, considerou, esta quinta-feira, um funcionário do Conselho de Segurança russo.
Segundo a Reuters, que cita a agência noticiosa estatal russa TASS, Alexander Venediktov, o secretário adjunto do Conselho de Segurança da Rússia, considerou, relativamente a essa possibilidade: "Kyiv está bem ciente de que tal passo [adesão à NATO] significaria uma escalada garantida para a Terceira Guerra Mundial".
Uma plena adesão à NATO apenas ocorrerá se os 30 membros da aliança derem o seu consentimento.
De recordar que o chefe de Estado ucraniano apresentou um pedido de adesão rápida à Aliança Atlântica logo após o homólogo russo, Vladimir Putin, ter proclamado a anexação de 15% do território ucraniano (referente às regiões de Donetsk, Lugansk, Kherson e Zaporíjia), a 30 de Setembro.
Na óptica de Venediktov, esta proposta de adesão à NATO por parte da Ucrânia não passa de uma acção de propaganda, uma vez que o Ocidente compreende as consequências de tal possibilidade. "A natureza suicida de tal passo é compreendida pelos próprios membros" da aliança militar, explicou.
O secretário adjunto do Conselho de Segurança da Rússia considerou ainda que o apelo de Volodymyr Zelensky para que fossem efectuados ataques preventivos contra a Rússia, poderia ter consequências gigantescas a nível global.
"Devemos recordar: um conflito nuclear irá afectar absolutamente todo o mundo - não só a Rússia e o Ocidente colectivo, mas todos os países deste planeta", disse Venediktov, que acrescentou: "As consequências seriam catastróficas para toda a humanidade".
Recorde-se que a Rússia e os Estados Unidos são as maiores potências nucleares a nível global, detendo 90% das ogivas nucleares de todo o planeta.
Ainda que o conflito não tenha ainda atingido esta dimensão nuclear, os cálculos da ONU (Organização das Nações Unidas) dão conta de que, até ao momento, contabilizaram-se já mais de 6.000 civis mortos e 9.000 feridos na sequência da guerra na Ucrânia, que teve início a 24 de Fevereiro. (RM /NMinuto)

Tags: 

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram