Ucrânia pediu à China para que faça Rússia parar invasão

Publicado: 01/03/2022, 18:10
Categoria:

Pequim irá fazer todos os esforços para ajudar a terminar com a guerra através da via diplomática, disse o ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia.

 

O ministro dos Negócios Estrangeiros ucraniano, Dmytro Kuleba, pediu à China, esta terça-feira, que interceda junto de Moscovo, de forma a parar a invasão russa à Ucrânia.

Segundo um comunicado oficial, Dmytro Kuleba falou com o seu homólogo chinês através do telefone e pediu a Pequim que use os laços que mantém com a Rússia para agir perante o confronto. De acordo com a mesma nota, o ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi, garantiu a Kuleba que Pequim irá fazer todos os esforços para ajudar a terminar com a guerra através da via diplomática. 

Recorde-se que a China, um aliado da Rússia, que mantém laços diplomáticos com a Ucrânia, se recusou a condenar o ataque levado a cabo por Moscovo.

A invasão russa ao país vizinho, que teve início da passada sexta-feira, está a deixar um rasto de destruição e levou já milhares de pessoas a fugir da Ucrânia. Os últimos dados indicam que o ataque terá causado a morte de mais de 350 civis, incluindo crianças. (RM-NM)

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram