Zambézia com crise de oxigénio nas unidades sanitárias

Publicado: 05/02/2021, 8:09
Categoria:

Na província da Zambézia, há crise de oxigénio nas unidades sanitárias e também no distrito de Caia, em Sofala.

 

O facto resulta da avaria de uma peça avaliada em 800 mil meticais.

O Hospital Central de Quelimane está equipado com uma unidade de produção de oxigénio medicinal com capacidade para abastecer toda a província, mas actualmente isso não ocorre devido a avaria de uma peça que tem a função de encher botijas de oxigénio.

O próprio Hospital Central de Quelimane recorre ao distrito de Nacala, província de Nampula para obter oxigénio em botijas.

Por outro lado, a falta de oxigénio tem provocado vários constrangimentos no funcionamento das unidades sanitárias da província.

Confrontado com o problema, o Director-geral do Hospital Central de Quelimane remeteu a equipa de reportagem da Rádio Moçambique  ao Chefe de Manutenção da instituição.

 Rodrigues Ugembe disse que em média mensal chega-se a fazer mais de duas viagens à Nacala para a comprar de oxigénio para o Hospital Central de Quelimane. Cada operação custa cerca de 100 mil meticais. (RM)

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram