Rádio Moçambique

Switch to desktop

Artigos

“Não educar uma criança compromete o desenvolvimento” – Da Luz Guebuza

A Primeira-Dama, Maria da Luz Guebuza, instou hoje no distrito de Mandimba, província de Niassa, na região norte de Moçambique, os pais e encarregados de educação a mandarem seus filhos a escola para não comprometer o desenvolvimento do país.

Falando num encontro popular que orientou no âmbito da visita de trabalho que realiza desde domingo à província de Niassa, Maria da Luz Guebuza, defendeu a necessidade de as famílias moçambicanas a prestarem maior atenção à formação das crianças, porque elas são o futuro de Moçambique.

Para que este futuro do país seja garantido, segundo a Primeira-Dama, é importante, não sô prestar atenção especial à formação, mas também a sua saúde, porque ela é como uma planta para crescer bem e tem que ser regada e estrumada.

“Nos estamos muito preocupados com a educação das crianças, por isso, pedimos aos pais para que levem os seus filhos à escola, para serem formadas. Hoje temos escolas, institutos e universidades para formarmos as nossas crianças, para que não venham a engrossar o grupo de desempregados”, disse Maria da Luz Guebuza.

Na ocasião, a esposa do Chefe do Estado moçambicano recordou que, em Moçambique, estão a ser descobertos recursos que precisam de pessoas com formação a altura para trabalharem na sua exploração e, “se nós não educarmos os nossos filhos, os estrangeiros virão para trabalhar no nosso lugar”.

“No nosso país, temos o problema de meninas que se engravidam com 14 e 15 anos, por isso mesmo não estudam e desistem de ir a escola. Esta não é a idade para casar. Mesmo com 20 anos “, disse a esposa do Presidente Guebuza, vincando que estas são idades em que elas devem se preocupar pela sua formação.

Maria da Luz Guebuza também fez menção da necessidade de se providenciar alimentação adequada às crianças para poderem crescer saudáveis e sem problemas de malnutrição.
Segundo ela, o distrito de Mandimba produz vários produtos alimentares, mas, em contrapartida, regista altos índices de malnutrição.

Um outro ponto que foi referenciado pela Primeira-Dama foi a necessidade de a mãe gravida fazer consultas regulares nos hospitais, com vista a saber da sua situação serológica para que, em caso de seropositiva, possa beneficiar de tratamento e garantir o nascimento de uma criança livre do HIV.

No distrito de Mandimba, Maria da Luz Guebuza, que cumpre o seu segundo dia de trabalho a província de Niassa, visitou a Associação Irmãos Unidos, que se dedica a produção de medicamentos e outros produtos com base em plantas tropicais, e o Centro de Saúde local, para além de orientar um encontro popular.

(RM/AIM)

Direcção Comercial:  email: dcomercial@rm.co.mz; Fixo 21 300421, Fax 21 30 61 40 | Direcção de Marketing e Relações Publicas,  email: dmarketing@rm.co.mz; Fixo 21 300421, Fax 21 30 61 40; | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique - 2014. Implementado por mozclique.com

Top Desktop version