Rádio Moçambique

A+ A A-

Artigos

Coreia do Norte ameaça com “marretadas” a Coreia do Sul

Sul-coreanos realizam treino com tanques perto da zona desmilitarizada entre as Coreias a norte de Seul - Park Jung-Ho/Reuters

A Coreia do Norte fez novas ameaças contra a Coreia do Sul nesta terça-feira, prometendo "marretadas" de retaliação se os sul-coreanos não pedirem desculpas pelos protestos contra Pyongyang realizados no dia anterior, quando o Norte comemorava o nascimento do seu fundador.

No entanto, para um oficial militar americano, o regime norte-coreano está apenas a procura de uma maneira de arrefecer a sua retórica belicosa após semanas de avisos de guerra. Na segunda-feira, o Norte retraiu as suas estridentes ameaças contra os Estados Unidos e a Coreia do Sul ao comemorar o aniversário de 101 anos de nascimento do seu primeiro líder, Kim Il-sung, aumentando as esperanças de um abrandamento das tensões numa região que por semanas parecia à beira de um conflito.

Leia também: Kin Jong-Un: De figura desconhecida, a líder de uma potência nuclear

A insinuação de um regresso ao confronto retórico acontece depois de ofertas de negociações com o isolado Norte, vindas tanto dos Estados Unidos como da Coreia do Sul. Porém, a agência de notícias oficial da Coreia do Norte, KCNA, disse nesta terça-feira que o Exército norte-coreano emitiu um ultimato ao Sul depois de protestos sul-coreanos na segunda-feira, nos quais retratos de líderes da Coreia do Norte foram queimados. "A nossa retaliação vai começar sem qualquer aviso a partir de agora", disse a KCNA, citando líderes militares da República Popular Democrática da Coreia (RPDC), como a Coreia do Norte é oficialmente conhecida.

Acidente - Também nesta terça-feira, um helicóptero militar dos Estados Unidos caiu perto da fronteira com a Coreia do Norte, sem provocar vítimas, informou uma fonte do ministério sul-coreano da Defesa. O helicóptero, identificado pela agência Yonhap como um UH-60 Black Hawk, caiu no condado Cheolwon, fronteiriço com a Coreia do Norte.

A causa da queda ainda não foi identificada, mas o incidente aconteceu durante manobras militares conjuntas dos Estados Unidos com a Coreia do Sul. A agência Yonhap afirmou que os 12 oficiais a bordo do aparelho sobreviveram ao incidente, que aconteceu num momento de grande tensão com Pyongyang.A Coreia do Norte critica os exercícios conjuntos, que considera manobras que preparam uma invasão, e ameaçou com represálias. 

 

Rádio Online

Tempo

Weather data OK.
Maputo
22 °C

Imagem do dia

Visit the new site http://lbetting.co.uk/ for a ladbrokes review.

Direcção Comercial:  email: dcomercial@rm.co.mz; Fixo 21 300421, Fax 21 30 61 40 | Direcção de Marketing e Relações Publicas,  email: dmarketing@rm.co.mz; Fixo 21 300421, Fax 21 30 61 40; | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique - 2014. Implementado por mozclique.com

Login or Register

LOG IN

Register

User Registration