Familiares, colegas e ouvintes choram morte de Paulo Brito, locutor da Antena Nacional da RM

Publicado: 15/08/2021, 7:44
Categoria:

Familiares, colegas e ouvintes descrevem com tristeza a morte de Paulo Brito, locutor da Antena Nacional da Rádio Moçambique, ocorrida, sexta-feira passada em Quelimane, onde esteve internado desde a semana anterior.

 

Maria do Carmo Brito, irmã do malogrado, disse aos microfones da Rádio Moçambique que Paulo Brito era o patriarca da família e a sua morte deixa um vazio enorme.

Visivelmente emocionada Maria do Carmo disse que a morte de Paulo Brito surpreendeu a todos, uma vez que até sexta-feira, manifestava sinais de melhoria.

 “Almoçou e conversou, até cantou para a família, não sei se era a despedida. Foram as últimas palavras deles, tenho uma música de Roberto Carlos que quero cantar, cantou para nós e deixamo-lo bem disposto e voltamos para casa. O último momento que estive com o meu irmão, saí de lá eram 14.30h de ontem (sexta-feira), estava bem disposto, despedi a ele e disse que voltaria às 16 horas . Ele disse vai, vou ficar a descansar. Ás 16 horas, a caminho do Hospital, recebo uma chamada a dizer que eu tinha que comparecer no Hospital porque ele estava a passar mal, só que chegamos no Hospital e deram-nos a notícia, que ele passou mal e foi-se “, disse.

 Alguns ouvintes e fãs de Paulo Brito, entrevistados pela Rádio Moçambique, em Quelimane, afirmaram que a voz e a paixão pela promoção da música ligeira moçambicana, continuará a ser lembrado pelos amantes da Rádio.

“Paulo Brito simbolizava a comunicação social, era uma figura incontornável cuja voz, dedicação e empenho, tudo o que transmitiu aos ouvintes acaba sendo algo que fica timbrado nos corações” disse Fidel Castigo, um dos fãs de Paulo Brito.

Por seu turno, Quim Monteiro, do Emissor provincial da Rádio Moçambique, na Zambézia, diz que Paulo Brito era mais que um colega:

“Foi um irmão, um aconselhador e acima de tudo um profissional que na Rádio me ensinou uma coisa; lutar pelo brio profissional e não para assumir cargos, seja quais fossem “, afirmou.

Por sua vez o jornalista freelancer, Tavares Brás, lembra Paulo Brito da seguinte forma:

“ Da Rádio Cidade deu um passo gigantesco para a Antena Nacional. Bom timbre de voz, bom sotaque. Não era locutor para dizer horas e pôr música, Paulo Brito era um animador de cabine, sublinhe-se isso” disse.

O funeral de Paulo Brito, locutor da Antena Nacional da Rádio Moçambique terá lugar na tarde, desta segunda-feira em Quelimane, na Zambézia. (RM)

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram