Restos mortais de Guêguê foram a enterrar em Michafutene

Publicado: 08/10/2022, 10:11
Categoria:

Os restos mortais da cantora moçambicana Guilhermina Caetano foram, este sábado, a enterrar no Cemitério de Michafutene, província de Maputo.

Falecida na quarta-feira, aos 69 anos de idade, vítima de doença, Guilhermina Caetano, vulgarmente conhecida por Guêguê, cantou e encantou milhares de fãs com números tais como “Mapongowongo” (intriga); “Nhi Dhiguê” (Deixa-me) e “Mapilapila” (Exorcismo) com os quais ganhou os concursos Ngoma Moçambique e Top Feminino, promovidos pela Rádio Moçambique

A Ministra da Cultura e Turismo, Eldevina Materula, reagiu em mensagem difundida nas redes sociais à morte da cantora, afirmando que durante os 40 anos de carreira, Guêguê serviu a cultura moçambicana e inspirou gerações ao cantar e educar a sociedade através da arte.

Outra reacção vem de Inhambane, sua terra natal, onde o governo local recorda Guilhermina por tudo quanto fez pela difusão da língua e cultura da “terra da boa gente”.

“Calou-se uma voz que abrilhantou milhões de compatriotas, dentro e fora do país, com as suas belíssimas canções”, lamenta o governo provincial na sua conta do Facebook. (RM)

Tags: 

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram