×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Associação das Mulheres de Carreira Jurídica repudia comportamentos tendentes a violação sexual de mulheres

sexta, 14 agosto 2020 23:37
Rate this item
(0 votes)

A Associação Moçambicana das Mulheres de Carreira Jurídica manifesta indignação e repudia a conduta e os comportamentos tendentes a violação sexual das mulheres no país.

 

Esta posição surge em resposta à informação que circula, dando conta de que 15 instruendas que frequentavam o curso básico da Escola Prática da Polícia da República (PRM), em Matalana, província de Maputo, foram alegadamente engravidadas pelos seus instrutores.

A Associação Moçambicana das Mulheres de Carreira Jurídica exige a intervenção do Ministério Público e a instauração de um inquérito que visa apurar os factos sobre o assédio sexual de que alegadamente foram vítimas as 15 instruendas. ( RM)

Read 272 times

Escolha do editor

Publicidade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco