Malawi. Vice-presidente Saulos Chilima continua suspenso das funções

Publicado: 07/11/2022, 11:53
Categoria:

Vice-presidente do Malawi Saulos Chilima, continua suspenso das suas funções, sob acusação de ter recebido suborno de Zuneth Sattar, um dos empresários do Reino Unido.

Já lá vão quatro meses que o presidente da República, Lazarus Chakwera não delega funções ao vice-presidente, que está sendo alvo de investigação do departamento central de combate à corrupção.

Em declaração emitida pelo director do Gabinete de comunicações do vice-presidente, Pilirani Phiri, Chilima negou as acusações de que ele se beneficiou de forma corrupta do dinheiro de Sattar.

Entretanto, a decisão do presidente Lazarus Chakwera, sobre Saulos Chilima, mantém-se, enquanto os órgãos de combate à corrupção não se pronunciarem, disse o secretário de imprensa presidencial-Anthony Kasunda.

Foi em Junho deste ano, que presidente Lazarus Chakwera retirou os poderes delegados a Chilima e do chefe de gabinete das residências do Estado, o príncipe Kapondamgaga. 

O Presidente disse que tomou a decisão com base no relatório do Departamento central de combate à corrupção, que mencionava os dois nomes entre os 13 altos funcionários públicos, suspeitos de recebimento de subornos de contratos de aquisição com a empresa Sattar

Chakwera suspendeu também, o então presidente da Autoridade de Compras Públicas e Descarte de Activos John-Suzi Banda e demitiu o inspector-geral de polícia George Kainja.

Ainda sobre a corrupção, dois altos funcionários do Ministério de minas e recursos naturais, estão detidos, por supostamente terem-se beneficiado de um suborno para facilitar a renovação da licença da Ilomba Granite Mining Company, em Chitipa.

A directora de relações públicas do Departamento central de combate a corrupção, Egritta Ndala, afirma que o gabinete recebeu uma denúncia dando conta que um investidor da Ilomba Granite pagou 300 mil dólares a alguns funcionários do governo, para a renovação da licença de mineração.

Cassius Chiwambo director do departamento de energia e Gibson Nyirenda, secretário permanente, ambos do ministério de minas e recursos naturais, são apontados como os facilitadores do processo, daí a sua detenção.

No Malawi, a luta contra a corrupção está ao rubro, a meio de uma crise económica que se instalou em todos os sectores de actividade.

O presidente Lazarus Chakwera afirma que vai agir sem complacência  e já  prometeu divulgar um novo governo nos próximos dias. ( RM Blantyre)

Tags: ,

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram